Rabdomiossarcoma na infancia

intervencao fonoaudiologica hospitalar

Translated title of the contribution: Rabdomiossarcoma in childhood: hospital phonoaudiologic intervention

Camila Lucia Etges, Mariana Citton Padilha Dos Reis, Lisiane Rosa de Borba

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

O rabdomiossarcoma e o sarcoma de partes moles mais comum em criancas. Este e considerado uma neoplasia maligna derivada do musculo esqueletico estriado e se origina em qualquer parte do corpo, correspondendo a metade dos casos dos sarcomas dessa faixa etaria. Acredita-se que os tumores do sistema nervoso central na infancia tenham uma incidencia de 13,4% ao ano em todo o Brasil, sendo o rabdomiossarcoma o terceiro mais frequente. Lesoes no sistema nervoso podem gerar paralisia de pregas vocais, afetando tanto as funcoes biologicas de respiracao e degluticao, quanto a fonacao. Outra consequencia destes tumores e a paralisia facial, que gera prejuizo funcional nas funcoes orais como fala, mastigacao, succao, degluticao e preensao labial. Objetivos: Descrever a intervencao fonoaudiologica em uma crianca com diagnostico de rabdomiossarcoma durante a internacao hospitalar. Metodologia: A presente pesquisa caracteriza-se por ser um estudo do tipo longitudinal de caso clinico. Foi realizado acompanhamento de uma paciente de seis anos, do sexo feminino e diagnostico de rabdomiossarcoma de base de cranio. A paciente ficou internada durante nove semanas, e realizou craniotomia descompressiva sem flap osseo, tratamento de radioterapia e de quimioterapia. Inicialmente foi realizada a entrevista com os familiares, seguida da avaliacao miofuncional, de degluticao e vocal. A intervencao aconteceu em ambiente hospitalar, tres vezes por semana, atraves de exercicios orofaciais, massagem, mimica, exercicios vocais, com o objetivo de favorecer a coaptacao glotica e orientacoes e adaptacoes para a alimentacao. Foram realizadas 10 sessoes de atendimento durante quatro semanas. Resultados: Na avaliacao inicial foram obtidos os seguintes achados: assimetria dos olhos, labios entreabertos e assimetricos com mobilidade restrita, lingua assimetrica, bochechas assimetricas, com flacidez a esquerda, mordida cruzada, mandibula desviada a esquerda, mastigacao lateral (direita) com movimentos verticais, falta de vedamento labial e tosse durante a degluticao. A avaliacao da voz revelou tempos maximos de fonacao reduzidos para a idade e coaptacao glotica reduzida. Na ocasiao da alta hospitalar foi observada melhora do vedamento labial, bem como mobilidade de labios e lingua. Conclusao: Intervencoes precoces ainda em ambiente hospitalar otimizam o tempo e o trabalho fonoaudiologico, minimizando as sequelas e prevenindo complicacoes, proporcionando o retorno do paciente a uma melhor sociabilizacao com seu meio.
Original languagePortuguese
Pages4319
Number of pages1
Publication statusPublished - 2010
Externally publishedYes
EventCongresso Brasileiro de Fonoaudiologia (18th : 2010) - Curitiba, Brazil
Duration: 22 Sep 201025 Sep 2010

Conference

ConferenceCongresso Brasileiro de Fonoaudiologia (18th : 2010)
CountryBrazil
CityCuritiba
Period22/09/1025/09/10

    Fingerprint

Cite this

Etges, C. L., Citton Padilha Dos Reis, M., & Rosa de Borba, L. (2010). Rabdomiossarcoma na infancia: intervencao fonoaudiologica hospitalar. 4319. Abstract from Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia (18th : 2010), Curitiba, Brazil.